Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.

ALE-RO

Homologadas inscrições para Programa de Estágio em Nível Superior e Pós-Graduação no MPRO

Homologadas inscrições para Programa de Estágio em Nível Superior e Pós-Graduação no MPRO

Esta semana, o Ministério Público do Estado de Rondônia tornou pública a lista de candidatos habilitados para realização da prova objetiva do Processo de Seleção para Ingresso nos Programas de Estágio em nível Superior e Pós-Graduação do Ministério Público de Rondônia. Os Editais nº 7/2021SG e 8/2021/SG foram publicados no Diário Eletrônico do MP, no endereço eletrônico: www.mpro.mp.br.

Obedecendo à ordem de classificação, o candidato será informado, por mensagem eletrônica, sobre a data, o horário e o local de realização da prova.

A aplicação da prova objetiva, de caráter eliminatório, com duração de uma hora, será realizada eletronicamente, em notebook, tablet ou computador, a serem utilizados pelo candidato exclusivamente para este fim, disponibilizados pelo Ministério Público de Rondônia.

Conforme o Edital, o candidato deverá se apresentar no local da prova objetiva eletrônica munido de documento de identificação pessoal original com foto e caneta esferográfica azul ou preta, com meia hora de antecedência.

Serão considerados documentos de identificação: carteiras expedidas pelos Comandos Militares, Secretarias de Segurança Pública, Institutos de Identificação e Corpo de Bombeiros Militares; carteiras expedidas pelos órgãos fiscalizadores de exercício profissional (ordens, conselhos etc.); passaporte brasileiro; certificado de reservista; carteiras funcionais expedidas por órgão público que, por lei federal, valham como identidade; carteira de trabalho; carteira nacional de habilitação (somente o modelo com foto).

Quem apresentar Carteira Nacional de Habilitação Eletrônica (CNH-e), Documento Nacional de Identidade (DNI) e o Título de Eleitor eletrônico (e-Título) deverá acessar o aplicativo na presença do fiscal de aplicação da prova, sendo obrigatório, após a identificação do candidato pelo fiscal, o desligamento do aparelho e demais procedimentos constantes nas Orientações ao Candidato (a serem entregues no dia da prova).

Por ocasião da prova objetiva, o candidato que não apresentar documento de identidade original não poderá realizá-la e será automaticamente eliminado do processo de seleção. O documento deverá estar em perfeitas condições, de forma a permitir, com clareza, a identificação do candidato.

Caso o candidato esteja impossibilitado de apresentar documento de identificação pessoal com foto, em razão de perda, roubo ou furto, deverá apresentar documento que comprove o registro do fato em órgão policial, expedido há, no máximo, 30 (trinta) dias, sendo o candidato submetido a identificação especial, compreendendo coleta de dados e de assinaturas em formulário próprio.

A prova objetiva eletrônica será realizada sem consulta a qualquer material, não sendo permitida, durante sua realização, a comunicação entre candidatos nem a utilização de aparelhos eletrônicos (bip, telefone celular, agenda eletrônica, máquina de calcular, máquina fotográfica, controle de alarme de carro, gravador, pager, ipad, tablets etc.), livros, anotações.

Não será permitido o uso de boné, lenço, chapéu, gorro ou qualquer outro acessório que venha a cobrir as orelhas do candidato na sala de aplicação da prova objetiva eletrônica.

De acordo com o Edital, não haverá segunda chamada ou repetição de prova; o candidato não poderá alegar desconhecimentos quaisquer sobre a data, horário e local de realização da prova como justificativa de sua ausência; e o não comparecimento à prova objetiva, qualquer que seja o motivo, caracterizará desistência do candidato e resultará em sua eliminação do Processo de Seleção; e ainda, não será admitido o ingresso de candidato no local de realização da prova após o horário fixado para seu início.

Fonte/Foto:    MPRO

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dezesseis + um =