Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.

ALE-RO

Senador Acir Gurgacz relata avanços da indústria e da agricultura na COP26

Senador Acir Gurgacz relata avanços da indústria e da agricultura na COP26

O senador Acir Gurgacz (PDT-RO) apresentou os avanços da indústria e da agricultura sobre as questões ambientais na 26ª Conferência das Nações Unidas sobre as Mudanças Climáticas (COP26), que ocorre em Glasgow, na Escócia. Gurgacz participou de encontros com representantes da ONU, da China, do Reino Unido e de diversos países que passaram pelo espaço compartilhado na Confederação Nacional da Indústria (CNI) e da Confederação Nacional da Agricultura (CNA) na COP26, onde foi celebrado o dia da indústria brasileira.

O senador disse aos líderes de diversos países no Acordo do Clima que a indústria e a agricultura brasileira têm avançado em ações concretas para o meio ambiente e a sustentabilidade. “Estamos mostrando os resultados alcançados até aqui e apresentando propostas nas negociações internacionais para atração de investimentos climáticos, ou seja, relacionados às metas ambientais do Brasil”, frisou Gurgacz.

O senador frisou que o setor produtivo brasileiro está em sintonia com a agenda do clima e da sustentabilidade e vai ajudar o Brasil cumprir suas metas ambientais. “Podemos ampliar a produção e a produtividade agrícola e industrial com responsabilidade social e ambiental, e sem derrubar uma árvore sequer”, frisou Gurgacz.

O senador citou o exemplo da Agricultura de Baixo Carbono (ABC), que vem sendo amplamente adotada no Brasil para reduzir a emissão de Gases de Efeito Estufa (GEE) pela agropecuária. O Plano ABC do Brasil foi apresentado na COP15 de Copenhague, Dinamarca, em 2009, e serviu de base para o Brasil apresentar, em 2015, suas metas ambiciosas no Acordo do Clima de Paris.

Um balanço atual, realizado pelo Ministério da Agricultura, mostra que o padrão ABC já atinge 52 milhões de hectares – cerca de 75% da área cultivada do país. Na contabilidade do carbono, foram mitigados 170 milhões de toneladas de CO² equivalente, ultrapassando a meta da Contribuição Nacionalmente Determinada – NDC brasileira, em 115%.

“Isso comprova o avanço agroambiental no campo, cujo pilar é o revolucionário Sistema de Plantio Direto, que dispensa aração e gradeação das áreas de plantio”, detalhou Gurgacz, salientando que nenhum outro setor nacional, e nem outro país do mundo contribuiu mais para mitigar as mudanças do Clima que o agro brasileiro.

Solidariedade e apoio à Txai Suruí

O senador Acir Gurgacz também manifestou solidariedade e apoio à rondoniense Txai Suruí, que passou a receber ameaças após o seu discurso na abertura da Cop26. Gurgacz disse que seu discurso foi positivo para o Brasil e que as ameaças partem de pessoas ignorantes, que não entenderam sua mensagem. O senador disse que vai solicitar o reforço da segurança de Txai Suruí e de sua família às autoridades brasileiras. “A nossa constituição garante o direito da livre expressão e manifestação. Vamos exigir essa garantia constitucional e o reforço da segurança de toda a família”, frisou Gurgacz.

Fonte: Assessoria

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

catorze − 13 =