Rondônia, terça, 24 de maio de 2022.

“Declare seu Amor” foi vencedora do prêmio de Comunicação e Justiça 2019 na categoria mais concorrida

“Declare seu Amor” foi vencedora do prêmio de Comunicação e Justiça 2019 na categoria mais concorrida

TJRO recebeu 11 troféus ao longo de 11 anos em  campanhas institucionais de interesse público

Em mais uma matéria da série que faz uma retrospectiva dos prêmios conquistados pelo Poder Judiciário de Rondônia, o destaque é a edição de 2019 do Prêmio do Comunicação de Justiça, no qual o projeto “Declare seu Amor”, de incentivo à destinação de percentual de até 3% do Imposto de Renda para os fundos da Infância e Juventude, foi o vencedor na categoria campanha institucional de interesse público, a mais concorrida da edição, com 45 concorrentes dos 213 trabalhos julgados durante o Congresso Brasileiro dos Assessores de Comunicação do Sistema de Justiça.

O Tribunal de Justiça de Rondônia, apesar de jovem, com estrutura de pequeno porte, tem um histórico de boa performance no Prêmio Nacional de Comunicação e Justiça, vencendo instituições superiores de Justiça, como foi o caso, nessa edição, do MPF (Ministério Público Federal), com a campanha “Pelejando por uma eleição mais justa”, e tribunais de grande porte como o TJ do Rio Grande de Sul, que concorreu com a campanha de incentivo à adoção tardia, na qual foi criado um aplicativo de adoção.

“A campanha Declare seu Amor foi a melhor avaliada dentre os jurados na categoria mais concorrida do Prêmio”, relembrou Simone Norberto, coordenadora de Comunicação do TJRO, que acredita ter pesado como critérios a abrangência, o ineditismo e apelo social do projeto. Para a idealizadora da campanha, a juíza Ana Valéria Ziparro, da comarca de Ji-Paraná, o prêmio impulsionou ainda mais a iniciativa do Judiciário pela causa da infância e da juventude.

A missão de desenvolver a campanha foi justamente a de criar um nome que correspondesse ao apelo desafiador a que se propunha. Declare seu Amor, em alusão à declaração de Imposto de Renda, destinado à área da infância, tão carente e merecedora do amor de todos os contribuintes, se revelou um mote de fácil aceitação de excelente apelo ao público. Em seguida foram desenvolvidas as peças, produtos midiáticos, vídeos e foram traçadas as estratégias de divulgação, tanto em nível estadual quanto nacional.

Os vídeos foram destaque da campanha porque ganharam a adesão gratuita de artistas célebres, que emprestaram prestígio e popularidade à causa nobre da infância e adolescência. Utilizados de várias formas – exibidos em eventos, postados nas redes sociais, nos portais, enviados às emissoras e demais veículos – os vídeos serviram como catalisadores da proposta de adesão de instituições e contribuintes.

Faixas, folders, cartilha, filipetas, display, banners, mobile, outdoor e cartão de visita foram peças desenvolvidas, sempre, de acordo com o formato, com esclarecimentos e orientações sobre a campanha.

Foi feita no STJ uma solenidade nacional de lançamento, que acabou catapultando novas adesões em todo o País, entre eles CNJ, TJ Minas Gerais, TJ Bahia, TJ Rio de Janeiro, TJ Roraima, TJ Maranhão, MP Espírito Santo, MP Rondônia, tribunais do trabalho, tribunais de contas, tribunais militares, associações de magistrados, federações de comércio, conselhos de contabilidade, além de defensorias, MPs, instituições de classe, federações de comércio.

As doações aos Fundos da Infância bateram recordes. Foram mais de R$ 67 milhões arrecadados em todo Brasil no ano de vigência da campanha, a maior cifra desde 2013, quando as doações começaram a ser feitas via DIRPF.

 

Fonte/Foto: TJRO

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × dois =

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine_Pro */ ?>