Rondônia, terça, 24 de maio de 2022.

Dr. Neidson realiza fiscalização no Hospital de Base, Regina Pacis e no Centro de Diagnóstico de Imagem do Estado

Dr. Neidson realiza fiscalização no Hospital de Base, Regina Pacis e no Centro de Diagnóstico de Imagem do Estado

Parlamentar relatou equipamentos parados, falta de material e deficiência na realização de cirurgias ortopédicas

Na manhã desta quinta-feira (28), o deputado Dr. Neidson (PMN) realizou visita ao Centro de Diagnóstico por Imagem (CDI), em Porto Velho. De acordo com o parlamentar, apesar de se encontrar todo equipado, o CDI encontra-se parado.

“Por ser de responsabilidade do Governo estadual e não estar funcionando, conversamos com a secretária de Estado da Saúde, Semayra Gomes Moret, que nos acompanhou durante a visita e, segundo ela, o planejamento é que até o dia 14 de junho eles deverão reinaugurar o CDI”, informou Dr. Neidson.

O parlamentar lamentou que equipamentos para os diagnósticos por imagens estejam parados enquanto a população sofre com a constante falta de exames dentro do estado de Rondônia.

“Vamos acompanhar e fiscalizar a questão desse prazo até junho para vermos se realmente a reabertura do CDI acontecerá conforme nos confirmou a secretária da Sesau”, enfatizou o deputado.

Ainda de acordo com a secretária da pasta da Saúde, o Governo fará contratações através de testes seletivos, uma vez que o Estado não conta com profissionais disponíveis para trabalharem no Centro.

Hospital de Base Dr. Ary Pinheiro

Dr. Neidson também visitou as dependências do Hospital de Base de Porto Velho (HB), onde, segundo o parlamentar, as cirurgias de joelho não estão sendo realizadas.

“E isso vem ocorrendo há muito tempo, já existe uma fila imensa de pacientes aguardando essas cirurgias ortopédicas. Já as cirurgias cardiológicas estão começando a voltar, inclusive, de acordo com a Sesau, já foi realizado processo para a compra emergencial de material. No entanto, ainda existem deficiências, a exemplo dos marcapassos. Conseguiram adquirir esses marcapassos, mas eles não têm os eletrodos que custam, em média, R$ 120”, relatou o parlamentar.

O deputado disse acreditar que a diretoria do HB dará andamento no sentido de resolver essas situações para que as cirurgias voltem de forma gradual.

“A grande deficiência mesmo está na realização das cirurgias ortopédicas. Segundo o HB, serão abertos mais dois centros cirúrgicos e existe a previsão de chegar dois arcos cirúrgicos, aparelhos que realizam os exames de raio-x e com isso, tentarão ampliar o número de cirurgias ortopédicas”, destacou Dr. Neidson.

Hospital Regina Pacis

Dando continuidade às visitas, o deputado também esteve no Hospital Regina Pacis, local onde funcionava o Hospital de Campanha para pacientes contaminados pelo Coronavírus.

“Como já não há mais pacientes com Covid-19, eles estão realizando internações para cirurgias eletivas, tanto para procedimentos de ginecologia, obstetrícia e cirurgia geral. Já a parte superior do hospital, será utilizada somente para a realização de cirurgias ortopédicas”, informou Neidson.

PCCR da Saúde

O deputado também destacou que, após a aprovação do Plano de Cargo, Carreira e Salários da Saúde, algumas dificuldades passaram a surgir dentro da categoria.

“O grande problema é que, após o PCCR ter sido aprovado, o Estado diminuiu o valor dos plantões especiais para os médicos. Uma redução para quase metade do valor que era pago por plantão anteriormente, algo em torno de R$ 700. Ou seja, é quase impossível que os médicos retornem para fazer as cirurgias. O Estado precisa dar viabilidade para esses profissionais voltarem a trabalhar o quanto antes e com um valor por plantão, de fato, adequado”, concluiu Dr. Neidson.

Fonte: Assessoria

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × 4 =

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine_Pro */ ?>