Rondônia, quarta, 25 de maio de 2022.

Jaru: Estudantes de escola agrícola participam de atividades educativas realizadas pela Idaron

Jaru: Estudantes de escola agrícola participam de atividades educativas realizadas pela Idaron

Com o objetivo de popularizar a promoção da defesa agropecuária, com foco na defesa sanitária animal e vegetal e na preservação do meio ambiente, a Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) retomou as atividades inerentes ao programa de educação sanitária, realizando palestras e distribuição de material educativo em escolas agrícolas do interior do estado.

Uma das atividades é realizada na região de Jaru, na Escola Família Agrícola Dom Antônio Possamai (AEFAJAR), localizada na zona rural daquele município. A Escola é uma instituição de ensino de grande relevância social e econômica para a região, que mantém parceria com a Idaron desde o ano de 2013.

“O objetivo dessa ação conjunta é um só, levar informação sobre nossas atividades (da Idaron) em forma de palestras e demonstrações de métodos a campo”, destaca Marcos Alves, da supervisão de Jaru. A ação, neste ano, será desenvolvida com participação dos alunos do 1º ao 4º ano do ensino técnico de formação em agroecologia, num total de 44 alunos. A participação de todas as turmas atende a demandas que ocorreu nos últimos dois anos devido a pandemia pela covid-19, que não foi possível realizar o projeto de forma presencial.

Também é feita reunião com diretor e professores da entidade para programar o cronograma de datas e horários em que as palestras são ministradas. “Ficou definido que na quarta-feira, a cada 15 dias, as atividades acontecerão sempre no período matutino, obedecendo o calendário letivo durante todo o ano de 2022”.

As palestras abordarão os seguintes temas: defesa sanitária vegetal, defesa sanitária animal, com ênfase nas campanhas para saúde dos rebanhos, brucelose, raiva dos herbívoros, emergência fitossanitária da monilíase do cacaueiro, controle de qualidade de sementes, agricultura orgânica, papel do produtor rural na manutenção da área livre de febre aftosa sem vacinação, fiscalização dos agrotóxicos e programa de erradicação da mosca da carambola. As temáticas serão abordadas pelos servidores da Idaron: Marcos Alves, Fernando Guilarducci e Eron Spinelli.

O resultado das iniciativas, avaliado por meio de apresentação de trabalhos, serve também como item de avaliação nas auditorias periódicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Durante as palestras, os técnicos da Idaron entregaram como material de apoio: canetas, chaveiros, canecas, estojo de lápis, squeezes, mochilas, bloco de anotações e pasta.

Fonte/Foto: Idaron

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

quatro × três =

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine_Pro */ ?>