Rondônia, segunda, 06 de dezembro de 2021.

ALE-RO

Dr. Neidson apoia Novembro Azul em Rondônia

Dr. Neidson apoia Novembro Azul em Rondônia

Campanha de conscientização é realizada por diversas entidades durante este mês

Novembro é o mês escolhido para uma campanha mundial dirigida à sociedade e, em especial aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do cancro de próstata.

O deputado estadual rondoniense Dr. Neidson (PMN), médico de formação, é um dos maiores incentivadores do movimento no estado. “Considero a campanha Novembro Azul uma das mais importantes do ano. Isso porque ela tem um caráter urgente e essencial: muitos homens ainda não gostam de ir ao médico, mas é fundamental seguir os protocolos de tratamento e prevenção quando o assunto é câncer de próstata, que tem altas chances de cura caso diagnosticado precocemente”, explica o parlamentar.

Ele observa que o  exame de toque retal e de PSA são os principais meios para detectar a doença precocemente, quando as chances de cura são maiores e os tratamentos menos invasivos e que a detecção e o tratamento precoces salvam vidas.

“Participem desta campanha de conscientização. Fale com avós, pais, tios e amigos. Vamos lutar sempre pela qualidade de vida das pessoas, independentemente da idade. No Brasil, um homem morre a cada 38 minutos devido ao câncer de próstata, conforme dados do Inca (Instituto Nacional do Câncer). O diagnóstico precoce é a única forma de garantir a cura do câncer de próstata”, reforça Dr. Neidson.

Ele acrescenta que, “é importante que os homens procurem um especialista para realizar exames, como o de toque. É preciso deixar o tabu de lado e pensar nos cuidados com a saúde”.

A CAMPANHA

O movimento Novembro Azul teve início em 2003, na Austrália, com o objetivo de chamar a atenção para a prevenção e o diagnóstico precoce das doenças que atingem a população masculina, com ênfase na prevenção do câncer de próstata.

Conforme dados do Inca foram diagnosticados 68.220 novos casos de câncer de próstata e cerca de 15 mil mortes/ano em decorrência da doença no Brasil, para cada ano do biênio 2018/2019.

É o tipo de câncer mais frequente entre os homens brasileiros, depois do câncer de pele, ocorrendo geralmente em homens mais velhos – cerca de 6 em cada 10 casos são diagnosticados em pacientes com mais de 65 anos.

A próstata É uma glândula do sistema reprodutor masculino, que pesa cerca de 20 gramas e se assemelha a uma castanha. Localiza-se abaixo da bexiga e sua principal função, juntamente com as vesículas seminais, é produzir o esperma.

SINTOMAS:

Na fase inicial, o câncer de próstata não apresenta sintomas e quando alguns sinais começam a aparecer, aproximadamente 95% dos tumores já estão em fase avançada, dificultando a cura. Na fase avançada, os sintomas são:

– dor óssea;

– dores ao urinar;

– vontade de urinar com frequência;

– presença de sangue na urina e/ou no sêmen.

FATORES DE RISCO:

– histórico familiar de câncer de próstata: pai, irmão e tio;

– raça: homens negros sofrem maior incidência deste tipo de câncer;

– obesidade.

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

16 + 13 =