Rondônia, segunda, 04 de julho de 2022.

Como acabar com o mofo e a umidade dentro de casa

Como acabar com o mofo e a umidade dentro de casa

Identificar focos de umidade em casa pode ser desanimador. Além de comprometer o visual com a aparição de mofo, a umidade pode danificar as estruturas e causar uma grande dor de cabeça até o problema ser solucionado

Existem vários fatores que podem ocasionar a aparição de mofo e umidade e é importante saber identificar quais são eles. Hoje trazemos um pequeno guia para você identificar focos de umidade em casa e aplicar as soluções para esse problema. Anote!

Como identificar focos de umidade em casa?
Saberemos que existe umidade no ambiente através do odor, focos de mofo, manchas escuras, formação de bolhas e descamação da tinta e do gesso. Estes sintomas podem aparecer em diferentes espaços como teto, paredes, rodapés, janelas, pisos e até mesmo dentro de móveis. Após identificar o foco será necessário buscar as possíveis causas do problema.

O que pode causar a umidade em casa?
Esse tipo de problema pode ser causado pela infiltração ou pela condensação no ambiente. A umidade por infiltração é caracterizada pela água que, de alguma maneira, se infiltra no piso, paredes e teto. Já a umidade por condensação é causada pela má ventilação e iluminação fazendo com que vapores de água se acumulem nas superfícies ocasionando mofo e mau cheiro.

Como tratar a infiltração em casa?
Primeiro é preciso verificar a região onde estão aparecendo os focos e fazer as seguintes considerações:
Manchas no piso, rodapé e parte baixa da parede: pode ser sinal de que a umidade é proveniente da capilaridade. Ou seja, a falta de impermeabilização no alicerce está fazendo com que a água do solo penetre através das estruturas. Neste caso será preciso ação de um profissional para tratar as estruturas internamente com a ajuda de processos, ferramentas e produtos específicos.
Manchas na parte alta da parede e teto: neste caso a causa pode ser uma goteira, infiltração da água da chuva no telhado, falta de impermeabilização da laje ou calhas danificadas. Para solucionar este problema deve-se agir no foco em concreto, substituindo telhas, trocando e aplicando silicone nas calhas ou impermeabilizando a laje, por exemplo.
Manchas no meio das paredes, próximas a saídas de água ou em paredes que separam o banheiro e a cozinha: são características de vazamentos nos encanamentos. A solução aqui consiste em quebrar a parede, substituir ou vedar os encanamentos e posteriormente reconstituir, rebocar e pintar a superfície novamente.
Manchas em portas, janelas, trincas e frestas: podem ser decorrentes da ação da água da chuva que penetra pelas aberturas gerando umidade e a aparição de mofo. A solução é vedar as tricas com selantes de silicone, adesivos plásticos ou poliuretano. E, em casos mais graves, quebrar e refazer a parede afetada.

Como tratar o mofo em casa?
O mofo irá aparecer em ambientes onde a ventilação e a iluminação são deficientes. Geralmente se propagará em paredes e tetos de banheiros e cozinhas e em imóveis localizados em regiões muito úmidas concentrando-se no interior de armários e guarda-roupas. Para esse tipo de problema, causado pelas condições climáticas e pelo mau acondicionamento, a solução é simples e basta ventilar bem os ambientes, abrindo janelas e deixando o sol entrar. Analise a necessidade (e possibilidades) de acrescentar janelas ou retirar paredes promovendo a ventilação cruzada.

Como eliminar a umidade da cozinha e do banheiro?
Banheiros e cozinhas são ambientes propícios à proliferação de fungos e bolor. E, como comentamos, isso se deve ao fato da umidade diária a qual estão expostos. Portanto, é importante contar com uma limpeza periódica com produtos bactericidas e fungicidas e ao finalizar deve-se secar bem os ambientes com um pano limpo e abrir portas e janelas. Se possível, instale exaustores em cozinhas e banheiros, principalmente se o ambiente não contar com janelas. Dessa forma os vapores e o ar úmido serão expelidos para fora do ambiente amenizando a umidade do espaço. Outro truque interessante e prático para o banheiro é sempre acender velas depois do banho, o recurso ajuda a secar o banheiro e evitar o mofo por condensação, e retirar toalhas e tapetes molhados imediatamente.

Evite o mofo nas roupas guardadas e tecidos expostos
É importante cuidar das roupas que temos guardadas no fundo dos armários. E isso porque com o tempo algumas peças podem embolorar e adquirir mau cheiro que consequentemente irá se propagar para outras roupas e para as superfícies dos armários. Sendo assim, de tempos em tempos, retire e lave aquelas peças que você não costuma utilizar com frequência. Faça o mesmo com outros tecidos utilizados em casa como cortinas, tapetes, mantas e roupas de cama. Mantenha-os limpos e livres de pó que, juntamente com a umidade, podem ajudar a propagar o mofo.

Como eliminar o cheiro de mofo do guarda-roupas?
Se o cheiro de mofo já estiver impregnado em seu guarda-roupa você pode utilizar alguns truques para contornar esta situação:
Primeiro limpe bem o armário com uma mistura de um litro de água para quatro colheres de vinagre e aplique com a ajuda de um pano por toda a superfície. Seque bem o armário e deixe-o com as portas abertas de um dia para o outro.
Prepare alguns saquinhos feitos com tecido ou tule e encha-os de giz. Coloque os saquinhos dentro do armário e troque com frequência.
Da mesma maneira que os saquinhos de giz você também pode utilizar pedras de cânfora, que além disso aportará um cheiro agradável para as roupas, ou bolinhas de cedro para auxiliar na remoção de umidade.
Utilize potinhos com bicarbonato de sódio no interior dos armários para reter a umidade lembrando de trocá-lo periodicamente.
Para eliminar o mofo das superfícies da madeira você pode utilizar álcool gel ou vinagre diluído com uma esponja.

Como eliminar manchas de mofo das paredes?
Para retirar as manchas escuras ou esverdeadas de mofo das paredes esfregue a superfície com uma escova resistente para retirar todo o resíduo. Depois aplique um desengordurante ou um sabão neutro para higienizar as paredes e enxágue-as. Para finalizar, aplique água sanitária na região onde estavam as manchas, o produto irá agir como um antisséptico, e seque bem com um pano limpo. Essas etapas de limpeza também ajudarão a preparar a parede para receber impermeabilizantes e pintura.

Fonte: Habitíssimo

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

onze + três =

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine_Pro */ ?>