Rondônia, quarta, 25 de maio de 2022.

Ji-Paraná: Idaron promove ações educativas sobre defesa agropecuária e meio ambiente em escola agrícola

Ji-Paraná: Idaron promove ações educativas sobre defesa agropecuária e meio ambiente em escola agrícola

Retomando as atividades inseridas no rol estratégico do programa de educação sanitária, com foco na promoção da defesa sanitária animal e vegetal, bem como a preservação do meio ambiente, o Governo de Rondônia, por meio da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) iniciou, em abril, ciclos de palestras e distribuição de material educativo em escolas agrícolas do interior do estado. As próximas palestras estão previstas para o dia 3 de maio, e seguem nos dias 10 e 31 do mesmo mês, 12 e 19 de julho, 09 e 16 de agosto, 06 de setembro e 04 outubro”.

Uma das instituições atendidas pelo projeto é a Escola Família Agrícola Itapirema, localizada na zona rural de Ji-Paraná. A instituição de ensino tem grande importância social e econômica para a região e desde 2019 mantém parceria com a Idaron para o desenvolvimento do programa de educação sanitária. “A parceria da Idaron com a escola é antiga, eles sempre tiveram as portas abertas para nós, mas o projeto em si teve início em 2019”, destaca Bruno Araújo de Pinho, da unidade da Idaron de Ji-Paraná.

Na oportunidade, é levada informação sobre as atividades da Idaron em módulos com abordagens teórico e práticas, além da aplicação de avaliação diagnóstica. O programa atenderá 23 alunos do 4° ano do curso para formação de técnico em agropecuária, no período de 05 de abril a 04 de outubro, sempre às terças-feiras.

O trabalho é realizado com foco nos estudantes e professores do ensino fundamental, médio e técnico. O objetivo é promover os temas da defesa agropecuária nas localidades onde os estudantes moram, bem como a saúde pública e a preservação do meio ambiente, priorizando a inocuidade, rastreabilidade e qualidade dos produtos agropecuários e derivados produzidos em Rondônia.

O resultado das iniciativas, avaliado por meio de apresentação de trabalhos, serve também como item de avaliação nas auditorias periódicas do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento.

Pela ordem da programação, os temas abordados nas palestras são: doenças transmitidas por alimentos de origem animal, agrotóxicos, plantas de interesse na pecuária, normas e legislação para implantação de viveiros e mudas, febre aftosa e varíola bovina, síndrome da morte do capim brachiaria, Brucelose e Tuberculose, nematoides de importância econômica em Rondônia, raiva dos herbívoros e sementes.
O trabalho da Idaron contará com apoio dos servidores Bruno Araújo de Pinho, Janete Acco, Maria Fernanda Camargo Oliveira, Espedito Jamerson Tavares Luna, Bethânia Silva Santos e Ângelo Rodney.

Além das palestras e orientações, os técnicos da Idaron forneceram material de apoio, como canetas, chaveiros, canecas, estojo de lápis, squeezes, mochilas, bloco de anotações e pasta, no intuito de alcançar os objetivos de maneira mais efetiva e manter a motivação dos participantes.

Fonte/Foto: Idaron

Print Friendly, PDF & Email

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

dois × 2 =

/** * The template for displaying the footer * * Contains the closing of the #content div and all content after. * * @link https://developer.wordpress.org/themes/basics/template-files/#template-partials * * @package Cream_Magazine_Pro */ ?>