Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.

ALE-RO

Emater-RO completa 50 anos de criação com mais de R$ 30 milhões investidos em reestruturação

Emater-RO completa 50 anos de criação com mais de R$ 30 milhões investidos em reestruturação

Os 50 anos da Entidade Autárquica Estadual de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Rondônia (Emater-RO) foram comemorados em uma celebração histórica realizada pelo Governo de Rondônia na manhã do dia 31, no Palácio Rio Madeira. Um novo capítulo dessa história que tem sido contada na atual gestão. São mais de R$ 30 milhões já destinados a melhorar os ambientes de trabalho, capacitar servidores e também ao fomento da agricultura familiar.

O governador de Rondônia, Marcos Rocha, parabenizou a todos da Emater-RO pelos resultados alcançados na assistência aos homens e mulheres do campo, que têm contribuído para que o estado seja referência no Brasil em diversas cadeias produtivas e anunciou que, assim como a economia feita em todo o governo tem refletido em mais asfalto nos municípios por meio do “Tchau Poeira”, em melhorias de espaços de lazer através do Governo no Cidade e uma série de outras medidas, também será aplicada na valorização dos servidores da Emater-RO.

“Será encaminhado um Projeto de Lei para a Assembleia Legislativa para implantar o auxílio alimentação para os servidores da Emater”, anunciou o governador. A notícia foi recebida com aplausos pelos servidores. Para o governador, é um reconhecimento do trabalho árduo de não deixar o agricultor sozinho e de ajudar cada família agrícola a transformar suas propriedades rurais em negócios que gerem emprego e renda, o que contribuiu para que Rondônia alcançasse o feito de ultrapassar R$ 19 bilhões em valor bruto da produção agrícola.

 “A Emater valoriza homens e mulheres do campo, fortalece a agricultura familiar do estado, gerando emprego e renda, e desenvolvendo sócio e economicamente centenas de famílias do campo. Parabéns Emater por chegar até aqui contribuindo com nosso povo rondoniense. O agro não parou nem com a pandemia, pelo contrário, o produtor continuou trabalhando para que o alimento continuasse chegando às nossas casas, com a participação ativa da Emater. Tendo como presidente, o Luciano [Brandão], e composta por técnicos empenhados na missão, a Emater tem feito um trabalho arrojado, digno e com bons frutos”, considera Marcos Rocha.

O vice-governador, José Jodan, também reforçou o trabalho essencial realizado pela Emater-RO na prestação de assistência aos produtores rurais, reforçou que este é um trabalho que acompanhará mais de perto, e destacou a importância de cada técnico levar ao campo orientações personalizadas, de forma que as instruções feitas sejam conforme a aptidão de cada propriedade rural. “É assim que vamos dar condições para que os produtores levem uma vida boa, com entrada de recursos saudáveis, e consigam manter seus filhos nas propriedades”.

A primeira-dama do estado e secretária de Assistência Social e Desenvolvimento (Seas), Luana Rocha, que realiza em parceria com a Emater-RO assistência às gestantes do campo por meio do programa “Mamãe Cheguei”, também avaliou positivamente os reflexos do trabalho da Emater-RO junto às famílias agrícolas. “Parabéns a Emater por essa atividade tão bonita que é levar ao campo conhecimento e tecnologia para que os produtores consigam desenvolver suas produções agrícolas”, disse Luana ao lembrar da importância da assistência da Emater-RO aos pais, que eram agricultores.

A secretária ainda anunciou que em breve o resultado da parceria com a Emater-RO será vista na primeira missão de entrega de kit de enxoval do Mamãe Cheguei para gestantes moradoras do distrito de Extrema.

O presidente da Emater-RO, Luciano Brandão, pontuou os investimentos na reestruturação da Emater-RO. “A Emater ajudou a desbravar Rondônia, um trabalho árduo que contribuiu para produtores crescerem junto com o estado de Rondônia e para o desenvolvimento das cadeias produtivas. Hoje somos referência, por exemplo, na cafeicultura, na pecuária, no cacau, na piscicultura. Agradeço ao governo por ter entendido essa história e ter buscado a reestruturação da Emater. Desde 2019 para cá, foram mais de R$ 30 milhões investidos. Não houve nos últimos governos, quem investisse tanto assim”.

Luciano pontuou que na semana passada foram empenhados 98 veículos para Emater-RO, e foram entregues no ano passado outros 87 veículos novos. Disse ainda que foram recuperadas as quatro usinas de nitrogênio. “E já temos no orçamento, com autorização do nosso governador, a reforma de 63 escritórios, a troca de toda mobília e de todos os computadores”.

O secretário de Estado da Agricultura (Seagri) e presidente do Conselho Deliberativo da Emater-RO, Evandro Padovani, reforçou que o agro tem sido fortalecido em Rondônia. “O Governo tem dado uma atenção especial às secretarias envolvidas com o setor produtivo, e a gente fica muito feliz com os resultados, tivemos recorde no valor bruto da produção agrícola, há melhoria nas condições de trabalho, dinamismo, capacitações e tecnologia de ponta chegando no campo”, considera.

GRATIDÃO

A celebração dos 50 anos da Emater-RO reuniu produtores rurais, servidores, secretários de estados, representantes de instituições parceiras e parlamentares. Um público diverso, mas um único sentimento: gratidão. A cerimônia transformou-se em uma grande festa com direito a participação da banda da Polícia Militar que cantou o Hino de Rondônia e também “Parabéns” a Emater-RO.

Com o slogan: “Eu faço parte dessa história”, a abertura da celebração foi marcada pela apresentação de vídeos de agricultores de diversos municípios de Rondônia que relataram a gratidão pela assistência recebida. A Emater-RO possui 85 unidades presentes em todos os municípios rondonienses.

Ela faz parte da história de muita gente e muita gente faz parte da história da Emater-RO, como o agricultor José Alves Pereira, 80 anos. Ele foi o primeiro agricultor assistido pela Emater-RO em Rondônia. Natural do Ceará, chegou em Porto Velho em 1971. “Plantava desde feijão de praia a melão”, conta sorridente ao relembrar a época. Atualmente, ele reside em Ariquemes e os negócios rurais, concentrados na criação de gado, estão na responsabilidade do filho.

José revelou que ficou muito feliz de ter sido lembrado e convidado pela celebração dos 50 anos da Emater-RO. “A Emater faz parte da minha família, eles sempre lembram de mim, e quando venho a Porto Velho visito eles. Fiz muitos amigos”, afirma. Se de um lado os produtores estão felizes, do outro, os servidores também carregam em suas trajetórias a satisfação de terem evoluído e ajudado no progresso do Estado.

A economista Lucimar Menezes contou a satisfação de ter a trajetória de vida marcada pela Emater-RO. “Tenho uma vida extensa na Emater, comecei no setor administrativo, e a Emater me deu condições de estudar, fazer mestrado, passei a constituir família, criei meus filhos que estão todos formados, e me permitiu contribuir com o estado. A Emater representa a minha vida, foi onde encontrei oportunidade”.

A solenidade ainda foi marcada por um momento de silêncio por todos os servidores da Emater-RO que se foram na pandemia, acometidos pela covid-19. E houve a distribuição de mudas nativas ao público presente, sendo elas das espécies Biribá, Jaca, Andiroba, Ingá, Açaí, Jenipapo, Jenipapo Liso, Seringueira, Ingá Nativo, Ingá do Mato, Arapari; Buriti, Rambotam, Angelim Saia, Caja-Taperebá, Pitomba, Peito de Pombo.

Estiveram na cerimônia o líder do governo na Assembleia Legislativa, Luizinho Goebel, o deputado estadual, Chiquinho da Emater, que representou no dispositivo de autoridades todos os ex-presidentes da Emater-RO, presentes na solenidade, o deputado estadual Adelino Follador, além dos representantes da associação e sindicato dos servidores da Emater-RO.

Fonte: Emater/RO   Foto: Irene Mendes

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

1 × 3 =