Rondônia, sábado, 27 de novembro de 2021.

ALE-RO

Covid prejudica serviços da Semplan em Vilhena

Covid prejudica serviços da Semplan em Vilhena

 

Segundo funcionárias da Secretaria Municipal de Planejamento, vários servidores da pasta contraíram o coronavírus nos últimos dias

Da Redação

Estão afastados do Paço Municipal de Vilhena uma parte considerável dos servidores que presta atendimento ao público na Secretaria de Planejamento local. O motivo, segundo informações de funcionárias do órgão, foi o contágio dos funcionários pelo coronavírus.

“Estamos com vários atendimentos paralisados, pois somente os responsáveis por processos, por exemplo, podem informar a situação dos tramites aqui”, disse uma das funcionárias. Já outra servidora acrescentou que, “esperamos que eles possam voltar ao trabalho nos próximos dias”.

A confirmação dos casos de covid-19 na Semplan foi feita pela secretária da pasta, Sueli Magalhães. De acordo com ela, seis servidores já se recuperaram e um suspeito também foi afastado. “Amanhã um dos recuperados deve retornar ao trabalho e, segunda-feira, o restante também já deverá voltar as suas funções. Os sintomas de todos foram leves e ninguém precisou ser internado. Os servidores já tomaram a vacina contra o coronavírus, sendo que dois deles já receberam a segunda dose”, esclareceu.

COVID EM VILHENA

O município de Vilhena registrou 42 novos casos e 53 recuperados até a tarde de hoje. São, ao total, 14.854 casos confirmados, 66.184 vacinados com a 1ª dose e 28.276 vacinados com a 2ª dose, além de 1.961 vilhenenses que receberam a dose única.

Dos registros constam, também, 265 óbitos de vilhenense e 110 óbitos de moradores de outras cidades. Atualmente, existem no município 57 casos ativos, 194 casos suspeitos, bem como 14.528 já recuperados, 29 transferidos e 64 atendimentos no ambulatório.

INTERNAÇÕES

Há 10 pacientes internados com a doença. em isolamento. na Central de Atendimento à Covid-19 e Hospital Regional de Vilhena, todos de Vilhena. Destes, 3 estão na UTI, sendo 2 pessoas intubadas (uma do sexo masculino, de 74 anos, e outra do sexo feminino, de 70). Há, ainda, um paciente com respiração não invasiva, de 83 anos.

Já nas enfermarias existem 7 pacientes, sendo duas do sexo feminino, de 61 e 71 anos, e cinco do sexo masculino, de 58, 67, 43, 83 e 86 anos. A taxa de ocupação de leitos para covid-19 é de 30% na UTI e 29% nas enfermarias.

A taxa de letalidade em Vilhena é de 1,86%, em Rondônia é de 2,47%, no Brasil é de 2,81%, na América do Sul é de 2,69% e, no mundo, é de 2,09%. (A taxa de letalidade indica a porcentagem dos pacientes contaminados que acabam evoluindo para óbito).

Em seu último boletim o estado registrou 265,8 mil casos confirmados e 6.529 óbitos. No Brasil, o número de casos confirmados já ultrapassou 21,478 milhões, com 598 mil mortes. No mundo são 233 milhões de casos confirmados e 4,72 milhões de mortes.

ATENDIMENTO

Pessoas que tenham sintomas ou se considerem suspeitas de ter covid-19 devem procurar o Ambulatório Covid-19, aos fundos do Hospital Regional e ao lado da Central Covid, na Av. Rony de Castro Pereira. A unidade funciona todos os dias, inclusive fins de semana e feriados. De segunda a sexta-feira o atendimento é das 7h às 17h e, nos sábados e domingos, das 7h às 19h.

Denúncias de descumprimento de normas de saúde podem ser feitas pelos números: 190, da Polícia Militar (24h) ou 3322-1936, da Vigilância Sanitária (7h às 17h30, de segunda a sexta-feira).

 

Com informações da Secretaria de Comunicação de Vilhena

Print Friendly, PDF & Email

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

2 × três =